Por: Adelaide Nunes – Fashion Consultant

Criar uma identidade visual ou construir estratégias de comunicação capazes de influenciar os outros e criar códigos visuais exteriores,  é crucial para ter uma Imagem que comunica, sem verbalizar uma única palavra. A Impressão que os outros criam em nós depende dos primeiros segundos, num RX total e global.

Nas empresas, nas marcas e nos negócios, existem muitos fatores que direta ou indiretamente fazem a diferença, em descodificar os parâmetros que estimulam tudo o que vemos. É importante , seguir a ideia que se deve vestir para o sucesso e para função que quer obter ou alcançar e é muito comum criamos estereótipos de profissões pela forma como nos apresentamos.

Não hesite em criar o guarda-roupa adequado ao seu estilo, à sua personalidade e claro à função que desempenha, não perdendo de vista a promoção que projetou pois é fundamental deixar uma marca pessoal memorável e positiva.

Para tal, existem equipas especializadas em Consultoria de Imagem e Personal Branding que executam todo um plano que passa pela reorganização e triagem do guarda-roupa. Retiram as peças que não servem, as que estão fora de moda ou desatualizadas e constroem looks para trabalho e lazer. É importante que reveja o seguinte:

O que compõe a sua imagem?

Aqui terá que colocar fatores como a linguagem visual/ não verbal, os gestos, o tom de voz, o andar, como se movimenta e a forma como se senta.

Como se vê a si? | Como é visto? | Como quer ser visto?

Pesquisas indicam que são necessários apenas 30 segundos para formarmos uma primeira impressão de alguém, onde 55% são baseados no aspeto visual 38% na maneira como fala e nos gestos e apenas 7% no que diz.

Neste curto espaço de tempo, qualidades como personalidade, origem, humor, nível de sofisticação e autoconfiança são analisados.

Pode até parecer que a imagem é um conceito passivo, que existe apenas na mente do nosso interlocutor ou da outra pessoa e que não depende de nós, no entanto a imagem é fruto de nossas ações e, justamente por causa disso, pode e deve ser gerida por forma a ser impactante (podendo resultar num impacto negativo ou positivo).

O primeiro passo para escolher o que vestir é definir qual a imagem que deseja projetar.

Cuidado! Não falamos em tentar vestir-se de forma a parecer alguém que não é: isso seria descoberto em poucos segundos! Pense nas qualidades e valores pessoais que a (o) distinguem.

By ADELAIDE NUNES – Fashion Consultant for Vanilla Dynasty

adelaidenunes.vanilladynasty@gmail.com

+ 351 935 521 085

Posted by:hugoncalvesmkt

Apaixonado pela ideia de colocar o Marketing ao serviço das empresas!

Leave a Reply