Ao compreendermos os desejos e carências de um individuo, estaremos certamente mais próximos de lhe fazer uma oferta que seja valorizada e apreciada quando recebida.

artigos_oferecer com sentido

Se é verdade que este individuo pode ser um familiar ou amigo a quem queremos simplesmente fazer a oferta de um presente sem receber nada em troca, também é verdade que pode ser um cliente a quem queremos fazer a “oferta” de um bem ou serviço e de quem esperamos o respectivo pagamento, bem como mais oportunidades de lhe “oferecer” algo pelo qual ele esteja disponível para pagar.

É portanto essencial conhecer a pessoa em questão, de forma a antecipar o melhor possível a sua reacção no momento em que lhe apresentamos a oferta que preparámos. Esse conhecimento, essencial ao sucesso de uma oferta, pode ter origem em anos de convivência se estivermos a falar de um familiar ou amigo ou pode resultar de uma análise ao mercado se estivermos a falar de um cliente, ainda assim, em qualquer dos casos há uma relação directa entre a leitura que fazemos da situação (tendo em conta a informação de que dispomos) e o resultado da nossa acção.

É por este motivo, que todos nós conhecemos o momento em que entregamos o presente a um familiar ou um amigo e observamos a sua reacção de felicidade ao recebe-lo, porque estivemos atentos naquele momento em que ele “deixou escapar” o que realmente desejava, ou por outro lado, a sua reacção de indiferença quando ignorámos todos os sinais que ele nos deu e lhe oferecemos novamente um par de meias.

A questão principal aqui é simples: tratando-se de um cliente, nós dificilmente teremos uma segunda oportunidade de oferecer um par de meias!

É muito provável que algum concorrente tenha estado mais atento e lhe ofereça algo que o faça sentir compreendido e feliz, fazendo com que ele queira receber mais “ofertas” interessantes, pagando por elas.

Vamos ser aquele, que cada familiar, amigo ou cliente sabe sempre que não vai desiludir!


Artigo acerca de como criar a nossa oferta analisando as necessidades e desejos do cliente.
Publicado em Novembro de 2016 (Odivelas Notícias).
Posted by:hugoncalvesmkt

Apaixonado pela ideia de colocar o Marketing ao serviço das empresas!